Run, Chris, Run ou por que Corra! (Get Out) é bom mas poderia ser mais | Crítica

16:16:00

Eae! Suspense é um dos meus gêneros preferidos, eu gosto de ficar curioso e tentar descobrir o que vai acontecer, no entanto, nesse gênero é fácil se decepcionar e também se surpreender. Aliás, já deu uma olhadinha nesse lista com filmes, séries e livros de suspense? Se não, clique aqui e veja. :)



Corra! (Get Out) é um filme lançado em 2016, no qual o protagonista Chris (interpretado por Daniel Kaluuya, quem já viu Black Mirror conhece!) viaja para a casa dos pais de sua namorada para conhecer os pais e o irmão dela, no entanto, Chris é negro e sua namorada Rose e a família dela são brancos e escondem um segredo.

Corra! explora sobre a temática racial, que é muito forte nos EUA (tanto que arrecadou uma bilheteria de 175 milhões, apenas nos EUA e custou nem 5 milhões de dólares) e os melhores momentos do filme (e o que dá aquele frio da barriga) é quando o protagonista se encontra em situações incômodas, por exemplo: quando descobre que todos os empregados são negros (inclusive tem uma cena com a empregada que é sensacional) e quando ele conversa com alguns casais brancos durante uma festa, da para notar um racismo velado nesses momentos.



No entanto, a terceira parte do filme destoa um pouco do começo. Houve o abuso de soluções fáceis e, em alguns momentos, não existiu o suspense, já dava uma sensação de que tudo estava quase acabando e estava. Acho também que a questão racial poderia ser sido mais explorada, assim como a "seita" apresentada e as outras vítimas.

Independente desses motivos, eu indico o filme! Existe boas cenas, a atuação é ótima, principalmente do casal e existe um personagem, que fica um pouco de fora do problema, que é muita legal, ainda mais com a dublagem brasileira dando uma forcinha.

Se você nunca viu esse filme, se interessou? Gosta de filmes de suspense também? Tem algum para indicar? Agora se você já viu, além dessas perguntas, dá uma olhadinha no spoiler alert.

SPOILER ALERT

Pra você que já viu o filme, você não acha que seria ainda mais incrível, além de atingir outro ponto da questão racial, se depois de ter sofrido aquilo tudo, ninguém ter acreditado no Chris e ele sair como culpado e a namorada dele (ter sobrevivido) e sair como inocente, uma grande vítima e um mártir? Ou isso já fica subentendido?

You Might Also Like

0 comentários